Sead encerra I Seminário de Compras Governamentais com mais de 1.300 inscritos

Evento foi realizado entre os dias 30 de agosto e 2 de setembro, de forma remota com transmissão pelo canal da Escola de Governo no YouTube, com o objetivo de discutir principalmente a Nova Lei de Licitações

A Secretaria da Administração (Sead), por meio da Escola de Governo, realizou entre os dias 30 de agosto e 2 de setembro, o seu I Seminário de Compras Governamentais do Estado de Goiás. O evento remoto contou com mais de 1.300 inscritos. Em pauta, estiveram discussões sobre a Nova Lei de Licitações e Contratações Públicas, principalmente, mas também debates sobre gestão de contratos, controle e fiscalização, precificação, entre outros. O secretário Bruno D’Abadia avaliou que a ação foi de grande importância para identificar a realidade que cada servidor que atua na área almeja para o setor de compras públicas. 

A abertura do evento teve a participação de D’Abadia, que detalhou os caminhos que a administração estadual tem tomado desde o início da gestão para organizar e desburocratizar as contas públicas, promovendo mais transparência e lisura aos processos. Na mesma ocasião, o superintendente da Central de Compras e Logística da Sead, Ândrei de Paula, reforçou o andamento da transformação da área em Goiás, prometendo o lançamento de um novo Portal de Compras em breve, para facilitar a ação dos servidores que trabalham diretamente nas contratações públicas.

O painel de abertura, sobre a Nova Lei de Licitações, a Lei Nº 14.133/21, teve apresentação conjunta do doutorando da Universidade de Brasília (UnB) Victor Amorim, da Comissão Permanente de Minutas-Padrão de Editais de Licitação do Senado Federal, e de José Augusto Carneiro, instrutor da Escola de Governo. Amorim defendeu a necessidade de profissionalização do agente público envolvido com os processos de aquisições. “É algo que  a Escola de Governo do Estado de Goiás já começou há muito tempo e está intensificando hoje (com a realização do seminário)”, enfatizou ele. 

Palestrante do segundo dia do encontro, a doutora Márcia Walquíria Batista dos Santos, do Instituto Brasileiro de Educação em Gestão Pública (IBEGESP), também enalteceu o trabalho de formação desenvolvido por aqui. “A grande vantagem de vocês, em Goiás, é terem uma Escola de Governo respeitabilíssima. Isso é algo que a administração tem que ter. Vocês já estão um passo à frente por terem pessoas qualificadas e uma legislação que estabelece que a gestão tem que se dar por competência”, avaliou.  

A programação ainda contou com a participação do chefe do Serviço de Fiscalização de Licitações e Contratações Diretas do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Rodrigo Cruvinel Freitas, que destacou os avanços nos processos de licitações nos últimos anos e sugestões para o novo caminho a partir da nova lei. O último dia de evento teve a realização do painel sobre “Precificação e Registro de Preços”, com apresentação das instrutoras da Escola de Governo Tainah Abintes e Taís Musse. O superintendente Ândrei Oliveira de Paula encerrou o evento apresentando os avanços e perspectivas da Central de Compras.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.