Gerenciamento de Projetos com Métodos Ágeis

Como gerenciar projetos cada vez mais inovadores em ambientes complexos em constante mudança? O pensamento ágil está conectado a esse contexto, inspirando novas maneiras de gerenciar projetos. Métodos e Ferramentas como Canvas, Scrum e Kanban auxiliam a otimizar o tempo e a desfazer os nós que as constantes mudanças nos projetos costumam trazer. Para conhecer sobre essas ferramentas e práticas relacionadas a métodos ágeis a Escola de Governo oferece um novo curso Gerenciamento de Projetos com Métodos Ágeis, dias 07 e 08/11, das 8h às 18h, com inscrições pelo Portal do Aluno.

Um curso rápido, destinado a servidores públicos que atuam na área de gerenciamento de projetos e ministrado por instrutores da Escola de Governo especialistas no assunto. A abordagem sobre elaboração de projetos com Project Model Canvas  será feita por Luis Maurício Scartezini, que é mestre em Engenharia Civil, especialista em gestão de projetos, possuindo experiências como gerente de projetos em diversas áreas da administração pública.

Pensamento Ágil e Framework Scrum serão ministrados pela especialista em redes de computadores, com certificações PMP-Project Management Professional e PSM1-Professional Scrum Master, a gestora de Tecnologia da Informação Priscilla Tenuta Meira, que também acumula experiência na estruturação do Escritório de Projetos Central para o estado de Goiás, com a adaptação de melhores práticas em gerenciamento de projetos e modelo de governança, e projetos de implantação de escritórios de projetos setoriais em diversos órgãos governamentais.

O pensamento ágil muda a forma de atuação das equipes de trabalho, pois o foco passa a ser na entrega de um produto ou serviço mínimo viável que realmente agregue valor ao cliente. Métodos ágeis incentivam adaptações frequentes e a interação entre os membros da equipe. Flexibilidade, adaptação, transparência e colaboração são conceitos fundamentais neste contexto.

Fechando a capacitação, os participantes conhecerão a ferramenta Kanban que é utilizada na gestão de métodos ágeis e foi desenvolvida no Sistema Toyota de Produção. A ideia por trás do método é a de trabalhar com cartões visuais dispostos num quadro marcado, representando respectivamente as atividades a serem realizadas e o método ou processo a ser seguido.

“Trata-se (Kanban) de uma ferramenta simples, de fácil utilização e de baixíssimo custo e que pode auxiliar nos momentos críticos nas organizações gerando alto valor e controle de forma bastante rápida”, informa Marcos Vinícius Branquinho Xavier, gestor de Tecnologia da Informação, com experiência em consultoria, gestão de projetos, gestão de processos, estratégia, inteligência de negócios - BI e desenvolvimento de sistemas.


[gallery ID=8 category ID=22]

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.